7 de dez de 2012

Prefeito se irrita com invasão de casas e desfere ‘chibatadas’ em morador

 Caso de polícia: prefeito do Conde se irrita com invasão de casas populares e desfere 13 ‘chibatadas’ em morador
Após protagonizar cenas de violência e agressividade nos últimos meses, inclusive durante a campanha eleitoral, o prefeito do Conde, município localizado no litoral Sul da Paraíba, Aloísio Régis (PMDB) voltou hoje aos holofotes da mídia por novamente usar da força para fazer valer a sua vontade.
Nesta sexta-feira (07), irritado com a invasão de populares a algumas casas que serão entregues pela gestão municipal, o prefeito decidiu fazer justiça com as próprias mãos e saiu chicoteando os invasores para expulsá-los das unidades habitacionais. Uma das vítimas foi o servente de pedreiro Silvio Rosendo, 31 anos, que recebeu 13 chibatadas nas costas. Em contato com a reportagem do PB Agora, o morador contou como tudo aconteceu.

“O prefeito ficou sabendo que várias pessoas invadiram as casas populares e mandou o recado que daqui a pouco o chicote e a chibata ia rolar e foi o que ele fez, chegou lá e saiu batendo em todo mundo, só eu levei 13 chibatada nos pinhaço’, relatou.
Ainda segundo relato do servente, Aloisio Régis chegou ao local acompanhado de dois guardas municipais e um motorista intimidando todas as pessoas que estavam dentro das casas.
“Ele chegou gritando e batendo em todo mundo e por pouco não bate no meu filho também, que estava comigo no momento da agressão”, lembrou.
Temendo retaliações e até mesmo a morte, já que o prefeito tem um histórico de violência em sua trajetória política, as demais vítimas do episódio preferiram não denunciar o fato à imprensa.
“Depois das chibatadas que ele saiu dando em todo mundo o resto do pessoal foi embora porque ninguém ia ficar para apanhar, quem é que quer apanhar e ainda mais que ele gritava que a chibatada ia rolar no centro até que todo mundo saísse de lá”, completou Resende.

Entenda
Os moradores da cidade ficaram revoltados porque a gestão municipal não divulgou um calendário para a entrega das unidades habitacionais e protestavam pelo atraso. O prefeito havia prometido entregar os imóveis, mas não cumpriu com o acordado e os populares decidiram invadir e tomar posse das casas, mesmo sem elas estarem prontas.
Medidas
Em contato com a reportagem do PB Agora, a prefeita eleita da cidade, Tatiana Corrêa (PT do B), avisou que como gestora eleita ficará ao lado do povo e que tomará todas as medidas judiciais cabíveis para acionar o prefeito por mais um ato de violência gratuita.
“Essas unidades ainda não estão prontas e ao que tudo indica não estarão prontas até o final desta gestão e logo que eu assumir irei tomar as medidas cabíveis com relação a essa entrega oficial. No que diz respeito à agressão protagonizada pelo prefeito, estaremos do lado do povo e tomando as medidas cabíveis dentro da lei, sem violência nenhuma, defendemos o dialogo e não a agressão” destacou.
Outros casos
Essa não é a primeira vez que o prefeito do Conde faz uso da chibata para mostrar força e intimidar moradores. O ex-candidato a vereador Vailson Oliveira (PSDB) foi um dos alvos do prefeito. O tucano chegou a levar chicotadas em praça pública e o caso virou repercussão em toda a mídia paraibana.
Nessa campanha eleitoral, o motorista da prefeita eleita da cidade prestou um boletim de ocorrência ao relatar que foi ameaçado com uma arma na cabeça pelo então prefeito Aloisio Régis, que estava incomodado com o jingle de campanha da candidata adversária.


Focando A Noticia 

PB Agora

0 comentários:

Postar um comentário

  ©Blog Do Feio PB - Todos os direitos reservados.

Inicio